Pular para o conteúdo principal

10 Passos para Montar uma loja de bicicletas


Você está pensando em abrir a sua própria loja de bicicletas? Então você está no lugar certo, separamos aqui uma lista com os 10 passos fundamentais para você montar uma loja de bicicletas de sucesso.



Passo 1 - Plano de Negócios

Antes de abrir sua bike shop, é extremamente importante calcular cada detalhe. O primeiro passo é criar um plano de negócios. Ele vai permitir que você defina de maneira clara, cada detalhe do seu negócio, enxergando as falhas, as oportunidades, quais pontos devem ser alterados e quais devem ser mantidos.

Um plano de negócios bem elaborado, vai ser o alicerce para o sucesso do seu empreendimento. Em uma planilha responda:

  • Qual é a região de atuação que deseja atingir com seus produtos ou serviços?
  • Quais os produtos vai vender?
  • Quais os serviços vai oferecer?
  • Quem é o seu público-alvo?
  • Existem concorrentes? Quais?
  • Quanto espera crescer no primeiro ano?
  • Quanto de Capital vai necessitar para abrir a loja?
  • De onde virão os recursos?
  • Quantos funcionários deseja contratar inicialmente?
  • Em quanto tempo espera pelo retorno do investimento (ROI)?

Passo 2 - A Localização

Esse talvez seja um dos passos mais importantes antes de montar uma loja de bicicletas. Diferente de outros tipos de lojas, uma loja de bicicletas precisa estar bem localizada, de preferência em grandes centros, com bastante movimento como: parques, academias, shoppings, mercados, feiras, grandes avenidas ou ciclovias.

Veja bem, a grande maioria de seus clientes, estão interessados em adquirir uma bicicleta para o lazer, por isso, procure dar preferência a locais onde sejam mais familiares, por exemplo, parques.

Caso resida em uma cidade pequena, faça uma breve pesquisa, sobre as principais áreas que possuem a necessidade de uma loja de bicicletas, comece observando possíveis concorrentes.

Uma vez escolhido, dê preferência há locais amplos, especialmente se possuírem bons espaços para estacionar. Geralmente ao adquirir uma bicicleta, o cliente tende a levá-la para casa.

Devido a problemas na segurança pública em todo o país, evite locais com alta incidência de criminalidade. Hoje a preocupação com assaltos é uma constância na vida dos empresários brasileiros. Portanto, fique atento.

Passo 3 - Estrutura da loja

Não sei ao certo como anda seu bolso, mas, o ideal para montar uma loja de bicicletas, é um salão de vendas com algo em torno de 60 a 80 metros quadrados.

Por se tratar de um produto um pouco maior do que o convencional, você não vai precisar de tantas prateleiras, desta forma, poderá criar um expositor na própria parede, pendurando várias marcas e modelos, especialmente bicicletas para adultos.

O teto da loja também é uma ótima opção na hora de expor os seus produtos. Para cortar alguns custos, dê preferência a prateleiras e gôndolas de madeira, além de resistentes e bonitas, elas custam em média a metade do preço de uma de metal ou aço.

Inicialmente você deve ter um cuidado redobrado com o seu estoque. Compre apenas o que vai conseguir vender nos próximos 60 dias. Evite deixar dinheiro parado. Um dos grandes vilões em uma loja de bicicleta são os estoques de peças.

Para conseguir controlar bem o seu estoque, o ideal é um balcão com uma vitrine de vidro. Desta forma você poderá manter apenas uma ou duas unidades de mostruário, especialmente para peças como raios, porcas e parafusos.

Mantenha o salão de vendas sempre livre e espaçoso. Permita que seus clientes possam andar livremente enquanto escolhem os modelos que mais lhe agradam. Evite ocupar o salão de vendas com objetos obsoletos como bebedouros, expositores, ferramentas, etc.

Também não permita que os clientes e funcionários usem o espaço de vendas da loja como estacionamento, para isso, providencie um guarda bicicletas na entrada principal da loja.

Outra preocupação importante, é com relação à higiene de sua loja. Mantenha a loja sempre limpa, evitando o acúmulo de lixo e sujeiras indesejáveis como peças usadas, parafusos e esferas soltas.

Acomode bem os seus clientes, com bancos e assentos novos e sempre limpos, longe de graxa.

Passo 4 - Documentação

Inevitavelmente você vai necessitar dos serviços de um contador. Ele poderá lhe auxiliar e agilizar tudo com relação à documentação necessária para montar uma loja de bicicletas.

Uma vez pronta a documentação, vai ser preciso registrar a sua empresa em cartório, na junta jomercial da sua cidade, na receita federal, além da licença e alvará de funcionamento do corpo de bombeiros e da prefeitura.

Fique atento ao pagamento de impostos e a emissão de nota fiscal, ela é a garantia da compra, e o que vai garantir a transparência e a confiança de seus clientes. Você também vai precisar de uma conta bancária, preferencialmente uma conta jurídica. Solicite ao gerente de seu banco, no mínimo um cartão de crédito, pois ele é hoje, uma ferramenta fundamental para movimentar o seu capital de giro e permitir que a sua loja continue funcionando.

Também providencie uma maquininha para processar pagamentos com cartões de crédito. Hoje elas respondem por cerca de 80% das vendas, especialmente para produto que custam a partir de R$ 100 reais, como é o caso de bicicletas e acessórios.

Passo 5 - Investimento Inicial

Bom, o investimento inicial vai depender de sua localização, dos custos com a documentação, e do tamanho da loja que deseja abrir. Com a documentação vai gastar algo em torno de R$ 1000 a R$1500 reais.

Com aluguel e estrutura da loja, é possível que invista algo em torno de 7 a 10 mil reais. Para iniciar as vendas, você vai investir algo em torno de 30 mil reais com estoque de bicicletas, peças e acessórios.

Você pode até começar uma loja pequena, e ir crescendo aos poucos, mas, isso vai depender muito de sua região, e do seu mercado local. Muitas vezes começar como uma loja modesta, não é uma boa ideia na hora de concorrer com grandes varejistas.

É Importante deixar claro em seu plano de negócios, o que vai ser necessário para entrar de igual para igual em um ramo que já existem concorrentes mais antigos. Afinal você ainda precisa montar uma carteira de clientes para começar a pagar suas contas.

É importante ter um bom capital de giro. Se começou o negócio com 50 mil reais, o ideal é que tenha pelo menos algo em torno de 10 a 15 mil de reserva, para que possa ir mantendo o negócio até que as vendas comecem a fluir.

Passo 6 - Bons Fornecedores

Para manter o seu estoque sempre atualizado, e garantir uma boa margem de lucros, você deverá selecionar bem os seus fornecedores.

Para isso você tem três opções:

A primeira opção - é comprar diretamente dos fabricantes, neste caso precisará fazer um pedido mínimo inicial e garantir um pedido médio todos os meses, o que não é uma boa ideia para quem está começando e que possui um capital limitado.

Outra desvantagem é que vai ter pouca variedade de marcas em seu estoque. Inicialmente não é um bom negócio ficar preso a uma única marca.

A segunda opção - é importar direto da China. Neste caso você vai encontrar produtos com preços muito bons, mas com um processo burocrático bem complicado para ficar apto a vendê-las no Brasil, além de negociar com marcas pouco conhecidas de seus clientes.

A terceira e melhor opção - é falar agora mesmo com um dos consultores do Clube Julio Andó. A empresa está no mercado desde 1969, e é hoje um dos maiores importadores de bikes, peças e acessórios do Brasil.

Você não precisa mais passar horas procurando por um bom fornecedor. Basta
acessar o site, fazer o seu cadastro, e imediatamente ter acesso a uma grande variedade de peças, acessórios, pneumáticos, cabos, além dos melhores equipamentos para ciclistas profissionais e amadores.

Lá tem tudo que você precisa para montar uma loja de bicicletas de sucesso!

Tá com orçamento limitado? Não se preocupe, há preços e condições especiais que irão caber perfeitamente no seu plano de negócios. É a sua chance de trabalhar com as melhores marcas do mercado, com ótimas margens de lucros.

Passo 7 - Marketing

O marketing é fundamental para qualquer negócio, especialmente no ramo de bikes. Procure alternativas baratas para divulgar a sua loja e aproximar os seus clientes.



Uma boa opção, é criar uma página de sua loja no Facebook e começar a postar as novidades recém-chegadas. Crie um site institucional para sua empresa, existem hoje inúmeras plataformas como Wordpress.org, blogger.com, que permitem que você possa em poucas horas colocar um bom site no ar.

A partir daí, separe todos os meses um pequeno orçamento para investir em campanhas de divulgação na internet, uma boa opção é o Google AdWords. Você também pode aproveitar o Facebook e divulgar os seus produtos para a sua cidade e região através do facebook ads.

Esta é uma das melhores maneiras de iniciar a divulgação de sua loja, investindo pouco e com um bom retorno.

Passo 8 - Vendas

Chegou a hora mais importante do seu negócio, as vendas. Procure sempre apresentar bons produtos aos seus clientes, foque em marcas conhecidas, principalmente aquelas que dão uma melhor margem de lucros.

Se possível crie e ensaie uma pequena apresentação. O ideal é que você conheça de perto todos os seus produtos, assim poderá recomendar o mais indicado para cada tipo de cliente, respeitando seus bolsos e preferências.

Outro detalhe que vai garantir as vendas ao longo do ano, é a organização. Portanto a partir da primeira venda, você já deve ir cadastrando todos os seus clientes, independente do tamanho. É importante coletar dados como: nome completo, e-mail válido, endereço, telefone, redes sociais e quem sabe até mesmo o whatsApp.

Essa estratégia vai garantir que você monte uma boa carteira de clientes, e que mesmo em dias de comércio fraco, possa entrar em contato com cada um deles pessoalmente, apresentando suas novidades e ofertas.

Você não precisa mais ficar esperando o cliente vir até você, com base no seu perfil, ficará mais fácil saber exatamente o que oferecer e quando oferecer.

Passo 9 - Funcionários

Se você tem mais afinidade com a parte administrativa do negócio, então vai precisar de mão de obra especializada. Usando como base uma loja com salão entre 60 e 80 metros quadrados, o ideal é contar com no mínimo dois funcionários.

Agora se já de cara, vai oferecer serviços de oficina, então será necessário pelo menos mais um colaborador.

Lembre-se que em um negócio todo mundo é comercial, desta forma não só você como todos os seus funcionários, devem estar devidamente apresentáveis, com uniformes limpos. Principalmente a equipe de vendas que vai ter um primeiro contato com os clientes.

Sempre que possível, invista em treinamentos que possam profissionalizar ainda mais a sua equipe. Faça reuniões periódicas, escute cada um de seus colaboradores e peça para que apontem as principais falhas do negócio.

Escutar a opinião de cada um deles vai ajudar a motivá-los e ajustar possíveis falhas no dia a dia. Uma boa dica, é criar metas para cada equipe e premiá-los com bonificações, isso vai incentivá-los a dar o melhor de si ao longo do mês.

Passo 10 - Tenha uma loja de bicicletas de sucesso

Estas foram apenas algumas dicas de como montar uma loja de bicicletas. O que vai de fato garantir o sucesso do seu negócio, será sua dedicação, suor e comprometimento em criar um negócio do zero e vê-lo crescer.

Procure fazer boas parcerias, não vise simplesmente o lucro. Procure criar uma boa relação entre seu negócio e seus clientes, lembre-se o cliente não tem sempre razão, "ele é a razão". Ouça e ajude seus colaboradores. E sempre procure bons fornecedores.

Ah! Não esqueça, de falar agora mesmo com um dos consultores do Clube Julio Andó e fazer seu cadastro no site que preparamos para você.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça as principais rotas de bike pela Europa

Já conhece os melhores locais para pedalar na sua cidade? Parques, trilhas e ciclovias? Então que tal explorar as principais rotas de bike pela Europa? É previsto que todo o continente esteja ligado por ciclovias até 2020. Mas não é preciso esperar tanto tempo. Muitos países europeus já contam com várias opções de rotas prontas para serem exploradas. Então confira a lista a seguir e comece a planejar o seu roteiro.

Rotas para pedalar pela Europa

Holanda - Amsterdã


São mais de 400 quilômetros de ciclovias. O primeiro lugar dessa lista só poderia ser de Amsterdã, conhecida como o paraíso ciclista com toda a razão. Você pode conhecer a cidade toda pedalando. O terreno é plano e ideal até mesmo para ciclistas iniciantes. Vale explorar museus e toda a vida cultural da cidade.

França - Região de Provença

Estradas vazias, degustação de vinhos, campos de lavanda. Só falta você e sua bike nessa paisagem, não é mesmo? Essa rota une belas paisagens e muitos momentos de paz em contato com a natur…

Como a bicicleta pode tirar crianças do sedentarismo

A falta de exercícios físicos pode ser muito prejudicial à saúde em qualquer idade, até mesmo para crianças que já são naturalmente mais ativas. No entanto, vale destacar que atividade física é diferente de exercício físico. O primeiro termo se refere a qualquer movimento feito pelo corpo humano que gaste energia, como tarefas simples do dia a dia, por exemplo: subir escadas, andar até a escola e brincar durante o recreio.

Saiba quais são as ciclovias mais bonitas do mundo

Uma das maiores vantagens de pedalar é poder apreciar belas paisagens. Mais do que um meio de transporte, o ciclismo é um estilo de vida. Em um mundo com tantas responsabilidades e a constante sensação de que não sobra tempo livre, fica cada vez mais importante investir em qualidade de vida. E ter uma bike é uma forma divertida e econômica para curtir mais a vida. Se você é apaixonado por pedalar, então confira essa lista e saiba quais ciclovias você precisa conhecer.

As ciclovias mais bonitas do mundo

- Ciclovia do rio Reno
Você pode conhecer quatro países pedalando 1.200 km em um terreno plano e acessível. Suíça, Alemanha, Holanda e França. O percurso ao lado do rio Reno é um dos favoritos de ciclistas apaixonados por natureza e história.

- The Van Gogh-Roosegaarde
A ciclovia, localizada na Holanda, absorve a energia solar durante o dia e libera luz durante a noite, iluminando o caminho dos ciclistas. A tecnologia utilizada se chama Starpath, que significa caminho das estrelas. O pro…