Pular para o conteúdo principal

Dicas nas primeiras Trilhas

Dicas que poderão ajudar em suas primeiras Trilhas


Para aqueles que têm alma de aventureiro e o desejo de inovar ao escolherem uma nova atividade ao ar livre, as trilhas (ou "Trekking", como são comumente conhecidas pelos adeptos da modalidade) são uma opção muito boa, por possibilitarem o contato com a natureza, bem como um exercício bastante eficaz, capaz de renovar corpo, mente e espírito. É necessário, porém, se atentar a alguns detalhes importantes ao iniciar essa prática, se assegurando de que sua experiência seja agradável e segura.

 



  • Ter um guia é fundamental na(s) primeira(s) vez(es), para que sua trilha não se transforme em um filme de terror. Uma dica interessante é usar fita biodegradável para demarcar a rota da sua trilha. Ela tem um preço bem acessível e é fácil de ser encontrada.


 

  • A vaidade terá de ser deixada totalmente de lado. Não é aconselhável usar pulseiras, brincos, anéis e joias em geral. As mulheres devem prender o cabelo. Não hesite em abusar do filtro solar e repelente, óculos de sol e boné. Calças jeans e blusas de tecidos grossos também estão fora de cogitação. Opte por calças ou bermudas de tactel, legging e camisetas que permitam o corpo transpirar tranquilamente, como as Dry-Fit, por exemplo, bem populares em academias. Escolha um tênis resistente e com sola antiderrapante, para evitar eventuais acidentes.


 

  •  Leve uma mochila apenas com o essencial, para que você não seja sobrecarregado com o peso. Tenha consigo água, frutas, barras proteicas, canivete, lanterna, capa de chuva, mapa, celular e materiais de primeiros socorros. Vale ressaltar que o espaço da mochila deve ser otimizado ao máximo. Fitas e outros objetos podem ser enrolados uns nos outros, e materiais mais sensíveis devem ser impermeabilizados.


 

  • Alongue-se antes e depois da caminhada, para evitar estiramentos e outros tipos de lesões; não estragando sua trilha e não sofrendo com a dor no dia seguinte.


 

  • Fitas ou vaselina podem ser utilizadas nos pés e/ou mamilos para evitar bolhas e irritações devido ao atrito com as roupas e calçados.


 

  • Tente sempre fazer trilhas acompanhado ou em grupo, lembrando-se de não se afastar dos demais e de respeitar os limites dos companheiros, e, acima de tudo, seu próprio limite, ouvindo os sinais do seu corpo. Dê um passo de cada vez, literalmente. Caso decida fazer uma aventura sozinho, deixe amigos e parentes de sobreaviso.


 

  • Fique de olho nas plantas e animais venenosos, como cobras e aranhas. Algumas plantas, apenas no contato com a pele, podem causar enormes problemas, e uma picada pode te levar até a morte. O indicado é fazer uma boa pesquisa prévia da região onde sua trilha será realizada.


 

  • Não deixe lixo espalhado pela trilha. Recolha sempre seus utensílios, "tralhas" e demais sujeiras antes de seguir em frente, e contribua para que outros "trekkers" tenham uma experiência em meio à natureza tão bacana quanto a sua.


 

Seguindo essas dicas, sua trilha tem tudo para ser um sucesso e fonte de bons momentos na relação do ser humano com a Terra. Equipe-se e aventure-se!

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça as principais rotas de bike pela Europa

Já conhece os melhores locais para pedalar na sua cidade? Parques, trilhas e ciclovias? Então que tal explorar as principais rotas de bike pela Europa? É previsto que todo o continente esteja ligado por ciclovias até 2020. Mas não é preciso esperar tanto tempo. Muitos países europeus já contam com várias opções de rotas prontas para serem exploradas. Então confira a lista a seguir e comece a planejar o seu roteiro.

Rotas para pedalar pela Europa

Holanda - Amsterdã


São mais de 400 quilômetros de ciclovias. O primeiro lugar dessa lista só poderia ser de Amsterdã, conhecida como o paraíso ciclista com toda a razão. Você pode conhecer a cidade toda pedalando. O terreno é plano e ideal até mesmo para ciclistas iniciantes. Vale explorar museus e toda a vida cultural da cidade.

França - Região de Provença

Estradas vazias, degustação de vinhos, campos de lavanda. Só falta você e sua bike nessa paisagem, não é mesmo? Essa rota une belas paisagens e muitos momentos de paz em contato com a natur…

Como a bicicleta pode tirar crianças do sedentarismo

A falta de exercícios físicos pode ser muito prejudicial à saúde em qualquer idade, até mesmo para crianças que já são naturalmente mais ativas. No entanto, vale destacar que atividade física é diferente de exercício físico. O primeiro termo se refere a qualquer movimento feito pelo corpo humano que gaste energia, como tarefas simples do dia a dia, por exemplo: subir escadas, andar até a escola e brincar durante o recreio.

Saiba quais são as ciclovias mais bonitas do mundo

Uma das maiores vantagens de pedalar é poder apreciar belas paisagens. Mais do que um meio de transporte, o ciclismo é um estilo de vida. Em um mundo com tantas responsabilidades e a constante sensação de que não sobra tempo livre, fica cada vez mais importante investir em qualidade de vida. E ter uma bike é uma forma divertida e econômica para curtir mais a vida. Se você é apaixonado por pedalar, então confira essa lista e saiba quais ciclovias você precisa conhecer.

As ciclovias mais bonitas do mundo

- Ciclovia do rio Reno
Você pode conhecer quatro países pedalando 1.200 km em um terreno plano e acessível. Suíça, Alemanha, Holanda e França. O percurso ao lado do rio Reno é um dos favoritos de ciclistas apaixonados por natureza e história.

- The Van Gogh-Roosegaarde
A ciclovia, localizada na Holanda, absorve a energia solar durante o dia e libera luz durante a noite, iluminando o caminho dos ciclistas. A tecnologia utilizada se chama Starpath, que significa caminho das estrelas. O pro…