Pular para o conteúdo principal

Respeito ao Ciclista





Respeitar o ciclista é Lei



 




Há muitos anos, existia uma propaganda que dizia “no trânsito, somos todos pedestres”. Nesses tempos, o dia a dia das ruas era feito basicamente de pedestres e carros, assim era fácil de entender que todos deviam respeitar o mais fraco, no caso, os pedestres.

 

Os tempos hoje são outros. Há muito mais carros e muito mais pedestres. Porém, há também um novo elemento nessa equação: as bicicletas. Atualmente, as bicicletas deixaram de ser objeto de lazer e se tornaram meio de locomoção, um veículo comum, utilizado como todos os outros.

Dessa forma, as leis também mudam, e assim como os pedestres precisam ser respeitados, os ciclistas precisam do seu espaço, afinal, no trânsito, é possível ter espaço para todo mundo, desde que cada um respeite o seu lado.

A lei, as bicicletas e o trânsito.

Bicicleta é um veículo e, como tal, precisa estar nas vias. Essa é a primeira coisa que todos os motoristas precisam saber. Dessa forma, quando se vê uma bicicleta andando nas ruas, é preciso entender que aquele espaço também é dela. Assim diz a lei, assim deve ser.

Mas o ciclista também precisa fazer sua parte. Ele deve andar sempre na via do canto direito e, salvo as exceções quando for virar para a esquerda, deve sempre estar nela, que é a via de trânsito lento. Porém, a via da esquerda também pode ser usada, desde que pelo menor tempo possível, para não atrapalhar o fluxo do trânsito.

É preciso lembrar que no trânsito, sempre há uma hierarquia, e o irmão maior cuida do irmão menor. Dessa forma, os caminhões cuidam dos carros, os carros cuidam das motos, as motos cuidam das bicicletas e as bicicletas cuidam dos ciclistas. Em troca, todo irmão menor tenta não atrapalhar o maior. Se todos pensam assim, o trânsito flui, não há estresse, não há problemas, não há discussão.

Também existe outro ponto da lei para o ciclista: apesar de ser veículo, ele não precisa necessariamente esperar o sinal vermelho. A parada de bicicleta é a chamada “Idaho Stop”, onde apenas diminuir a velocidade, dar preferência para os pedestres e esperar os carros com o sinal aberto passar já basta. Então fica a dica: a lei está aí para ser cumprida, e ela protege o ciclista.





 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

10 Passos para Montar uma loja de bicicletas

Você está pensando em abrir a sua própria loja de bicicletas? Então você está no lugar certo, separamos aqui uma lista com os 10 passos fundamentais para você montar uma loja de bicicletas de sucesso.



Passo 1 - Plano de NegóciosAntes de abrir sua bike shop, é extremamente importante calcular cada detalhe. O primeiro passo é criar um plano de negócios. Ele vai permitir que você defina de maneira clara, cada detalhe do seu negócio, enxergando as falhas, as oportunidades, quais pontos devem ser alterados e quais devem ser mantidos.
Um plano de negócios bem elaborado, vai ser o alicerce para o sucesso do seu empreendimento. Em uma planilha responda:
Qual é a região de atuação que deseja atingir com seus produtos ou serviços? Quais os produtos vai vender? Quais os serviços vai oferecer? Quem é o seu público-alvo? Existem concorrentes? Quais? Quanto espera crescer no primeiro ano? Quanto de Capital vai necessitar para abrir a loja? De onde virão os recursos? Quantos funcionários deseja contratar…

Qual é a pressão ideal para calibrar o pneu da sua bike?

Assim como os pneus de carros precisam da calibragem correta, de acordo com a carga que o automóvel transporta e com o terreno onde vai rodar, também as bicicletas demandam um acerto na pressão dos pneus. Isso é fundamental para garantir a eficiência das pedaladas, amortecer impactos e ainda garantir aerodinâmica nas curvas.

Afinal, os pneus não amortecem bem nem absorvem as irregularidades da rota quando estão muito cheios. Mas, quando murchos, eles também podem danificar a estrutura das rodas e furar com mais facilidade, pois a área de contato com o solo aumenta. Descubra como acertar a calibragem da sua bike e obter o melhor proveito dela!

As principais competições internacionais de ciclismo

Só quem é apaixonado por ciclismo sabe a emoção e a adrenalina que a vida sob duas rodas proporciona, não é mesmo? O vento no rosto, o contato com a natureza, um tempo livre para ficar sozinho. Imagina levar essa emoção em viagens ao redor de todo o planeta? Se você gosta de viajar e é apaixonado por pedalar, você pode montar um roteiro para acompanhar as principais competições internacionais de ciclismo. Mas, se não der pra ir pessoalmente, vale acompanhar os resultados por aqui mesmo.


Competições internacionais de ciclismo

- Tour de France

Essa competição é uma das mais conhecidas e se destaca pela velocidade. O Tour de France tem uma velocidade média diária de mais de 40 km/h ao longo de por 21 dias. No total, são mais de 3.400 km a serem percorridos. E não basta completar o trajeto, é preciso estar dentro de um percentual pré-determinado de tempo para continuar até o final.

- Race Across America

De Oceanside, na Califórnia, até Annapolis, em Maryland, são quase 5 mil quilômetros a…