Pular para o conteúdo principal

Cicloturismo: prepare sua bike de acordo com a rota

Para os amantes do pedal em duas rodas, a palavra “viajar” tem um sentido a mais. Além do Natal junto à família, de reunir amigos para o Carnaval ou fazer um mochilão em outro continente, viajar também quer dizer percorrer quilômetros e mais quilômetros de bicicleta.

Não importa se por apenas algumas horas ou durante dias e semanas. Quem ama o ciclismo como hobby ou esporte vê as férias e os feriados como oportunidades de usar as próprias pernas e a bike para conhecer lugares, pessoas, culturas e paisagens. Não é à toa que o cicloturismo vem crescendo entre os brasileiros, assim como as opções de rotas nacionais e internacionais voltadas para este segmento.
Mas apesar de a atividade remeter à liberdade, ela também exige muito planejamento e preparo. Não apenas o trajeto deve ser estudado e avaliado de acordo com a aptidão física dos interessados, mas a escolha da bicicleta e de seus acessórios também é fundamental para o sucesso da aventura. Quanto mais acertado for o modelo para o tipo de roteiro escolhido, menor a chance de problemas e preocupações na jornada.

Cicloturismo em praias e trilhas

Se o trajeto passa a maior parte do tempo pela areia e visa conhecer belas praias e paisagens naturais, então se prepare para um terreno majoritariamente plano. O modelo de bicicleta sem marchas é a escolha predileta dos moradores do litoral e atende perfeitamente às necessidades de passeios curtos voltados para entretenimento e lazer.

Já para os amantes da adrenalina, que gostam de percorrer trilhas, o modelo ideal é a mountain bike. Mas antes de adquirir uma, é importante pesquisar e informar-se quanto ao modelo para não se enganar pelo nome e pela aparência, pois o que faz de uma mountain bike ideal para trilhas é a sua composição, e não o design.

Atualmente existem modelos que aparentam ser off-road, mas na verdade aguentam somente trilhas suaves de terra e sem obstáculos. Para ciclistas que planejam encarar trilhas mais radicais, com pedras, valetas, barro e obstáculos, este modelo simples não é suficiente.

Uma verdadeira bicicleta de trilha deve ter pelo menos 21 marchas e a suspensão deve ser resistente para aguentar e amortecer impactos. Os pneus devem ser de cravos, que tem aqueles sulcos mais profundos e são perfeitos para agarrar na terra. Recomenda-se ainda levar uma câmara de ar reserva, caso fure o pneu, bem como uma bomba para enchê-lo. Além disso, é indispensável um bom capacete, luvas e óculos de proteção.

Amantes do asfalto

O ciclismo em estrada demanda outra configuração, e neste caso há duas opções. Alguns modelos de bicicleta para estrada priorizam performance e são voltados para atletas amadores e profissionais que tem na própria estrada o seu objetivo de treino. Mas há também os modelos que visam conforto, para ciclistas que veem a estrada como um meio para levá-los de um lugar para outro.

A bicicleta ideal para ciclistas de performance é mais agressiva, deixa o corpo em uma posição aerodinâmica e utiliza materiais leves que reduzem o peso do equipamento (como a fibra de carbono e o alumínio). Os pneus são finos e adaptados para velocidade.

Já as estradeiras para longas distâncias são mais confortáveis e menos agressivas, com foco na durabilidade e na resistência. Quanto mais longa for a distância planejada, mais prática deve ser a composição deste modelo.

Afinal, pode ser que alguma peça apresente problema em regiões remotas e o ciclista tenha que concertar ou buscar nova peça nas lojas mais próximas. Por isso, a manutenção deve ser fácil e é importante priorizar peças mais comuns e não tão específicas, como freio V-brake. Outros acessórios também são recomendados, como espelho retrovisor, firma pés, campainha e selim largo e macio.

E não importa qual for o destino: lembre-se se de levar sempre muita água para hidratar-se, alguns lanches e um documento com identificação. Aproveite a aventura!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça as principais rotas de bike pela Europa

Já conhece os melhores locais para pedalar na sua cidade? Parques, trilhas e ciclovias? Então que tal explorar as principais rotas de bike pela Europa? É previsto que todo o continente esteja ligado por ciclovias até 2020. Mas não é preciso esperar tanto tempo. Muitos países europeus já contam com várias opções de rotas prontas para serem exploradas. Então confira a lista a seguir e comece a planejar o seu roteiro.

Rotas para pedalar pela Europa

Holanda - Amsterdã


São mais de 400 quilômetros de ciclovias. O primeiro lugar dessa lista só poderia ser de Amsterdã, conhecida como o paraíso ciclista com toda a razão. Você pode conhecer a cidade toda pedalando. O terreno é plano e ideal até mesmo para ciclistas iniciantes. Vale explorar museus e toda a vida cultural da cidade.

França - Região de Provença

Estradas vazias, degustação de vinhos, campos de lavanda. Só falta você e sua bike nessa paisagem, não é mesmo? Essa rota une belas paisagens e muitos momentos de paz em contato com a natur…

10 Passos para Montar uma loja de bicicletas

Você está pensando em abrir a sua própria loja de bicicletas? Então você está no lugar certo, separamos aqui uma lista com os 10 passos fundamentais para você montar uma loja de bicicletas de sucesso.



Passo 1 - Plano de NegóciosAntes de abrir sua bike shop, é extremamente importante calcular cada detalhe. O primeiro passo é criar um plano de negócios. Ele vai permitir que você defina de maneira clara, cada detalhe do seu negócio, enxergando as falhas, as oportunidades, quais pontos devem ser alterados e quais devem ser mantidos.
Um plano de negócios bem elaborado, vai ser o alicerce para o sucesso do seu empreendimento. Em uma planilha responda:
Qual é a região de atuação que deseja atingir com seus produtos ou serviços? Quais os produtos vai vender? Quais os serviços vai oferecer? Quem é o seu público-alvo? Existem concorrentes? Quais? Quanto espera crescer no primeiro ano? Quanto de Capital vai necessitar para abrir a loja? De onde virão os recursos? Quantos funcionários deseja contratar…

Saiba quais são as ciclovias mais bonitas do mundo

Uma das maiores vantagens de pedalar é poder apreciar belas paisagens. Mais do que um meio de transporte, o ciclismo é um estilo de vida. Em um mundo com tantas responsabilidades e a constante sensação de que não sobra tempo livre, fica cada vez mais importante investir em qualidade de vida. E ter uma bike é uma forma divertida e econômica para curtir mais a vida. Se você é apaixonado por pedalar, então confira essa lista e saiba quais ciclovias você precisa conhecer.

As ciclovias mais bonitas do mundo

- Ciclovia do rio Reno
Você pode conhecer quatro países pedalando 1.200 km em um terreno plano e acessível. Suíça, Alemanha, Holanda e França. O percurso ao lado do rio Reno é um dos favoritos de ciclistas apaixonados por natureza e história.

- The Van Gogh-Roosegaarde
A ciclovia, localizada na Holanda, absorve a energia solar durante o dia e libera luz durante a noite, iluminando o caminho dos ciclistas. A tecnologia utilizada se chama Starpath, que significa caminho das estrelas. O pro…