Pular para o conteúdo principal

10 dicas para encarar subidas de bicicleta

Andar de bicicleta é uma ótima opção de lazer, meio de transporte e atividade física. Quem começa não quer mais parar, logo se apaixona pelo ciclismo e quer ir além, superando desafios e ultrapassando as barreiras do próprio corpo. Após aumentar as distâncias percorridas e realizar os mesmos trajetos em cada vez menos tempo, um dos grandes obstáculos a se encarar são as subidas.

Os iniciantes podem ficar com medo e até mesmo evitar subidas muito inclinadas, principalmente em ciclovias próximas a vias muito movimentadas. A boa notícia é que é possível superar esse medo seguindo algumas dicas, e em pouco tempo você vai se surpreender com o seu desempenho pedalando qualquer subida.

10 dicas para encarar subidas de bicicleta


1 - Postura. Pedalar em pé te permite ir mais rápido, embora seja mais cansativo. Isso vai depender da distância da subida. O ideal em subidas é tentar equilibrar a força por todo o corpo, dividindo o peso.
2 - Ajuste. A distância entre banco e pedal pode evitar dores e tornar a subida mais fácil. Para ajustar a altura, sente-se na bicicleta e coloque o pé nos pedais. O ideal é que, quando o pedal estiver na parte mais baixa da curvatura da pedalada, a sua perna fique quase totalmente esticada.
3 - Respiração. Inspire e expire devagar, mantenha um ritmo de respiração calmo e constante. Dessa forma, fica mais fácil ter fôlego até o final da subida.
4 - Relaxe. Relaxar a parte superior do corpo facilita a respiração e deixa a pedalada mais leve. Manter a cabeça pra frente e a coluna ereta também são formas de tornar a subida mais tranquila.
5 - Devagar e sempre. Essa dica vale principalmente para o começo da subida, assim você poupa energia para todo o trajeto.
6 - Ritmo. Manter um ritmo de 90 RPM é ideal para evitar que o ciclista se canse rápido demais. Para quem não entende o termo específico, tente manter uma volta e meia do pedal a cada segundo.

7 - Zigue-zague. Esta dica vale para trilhas e parques. Pedalar em zigue-zague ajuda a diminuir a elevação da subida, apesar de prolongar um pouco o trajeto. Só não use essa dica em ciclovias com carros próximos, pois pode ser perigoso por não ter o espaço necessário.
8 - Pesquise. Conheça o caminho antes de sair de casa. Pergunte a amigos que já fizerem o trajeto ou pesquise na internet. Dessa forma você pode conseguir dicas específicas sobre a subida que precisa encarar.
9 - Transpiração. Use roupas especiais e leve uma garrafa de água. Uma subida exige mais esforço para pedalar do que terrenos planos.
10 - Confiança. Acreditar que você é capaz certamente tornará a subida mais leve.

Se apesar dessas dicas você ainda está inseguro e sente que precisa de mais um tempo para ter mais força muscular e disposição física, desça da bicicleta e faça a subida andando ou mude de caminho. Cada pessoa tem seu ritmo e seu tempo, e nenhum ciclista nasce da noite para o dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça as principais rotas de bike pela Europa

Já conhece os melhores locais para pedalar na sua cidade? Parques, trilhas e ciclovias? Então que tal explorar as principais rotas de bike pela Europa? É previsto que todo o continente esteja ligado por ciclovias até 2020. Mas não é preciso esperar tanto tempo. Muitos países europeus já contam com várias opções de rotas prontas para serem exploradas. Então confira a lista a seguir e comece a planejar o seu roteiro.

Rotas para pedalar pela Europa

Holanda - Amsterdã


São mais de 400 quilômetros de ciclovias. O primeiro lugar dessa lista só poderia ser de Amsterdã, conhecida como o paraíso ciclista com toda a razão. Você pode conhecer a cidade toda pedalando. O terreno é plano e ideal até mesmo para ciclistas iniciantes. Vale explorar museus e toda a vida cultural da cidade.

França - Região de Provença

Estradas vazias, degustação de vinhos, campos de lavanda. Só falta você e sua bike nessa paisagem, não é mesmo? Essa rota une belas paisagens e muitos momentos de paz em contato com a natur…

Como a bicicleta pode tirar crianças do sedentarismo

A falta de exercícios físicos pode ser muito prejudicial à saúde em qualquer idade, até mesmo para crianças que já são naturalmente mais ativas. No entanto, vale destacar que atividade física é diferente de exercício físico. O primeiro termo se refere a qualquer movimento feito pelo corpo humano que gaste energia, como tarefas simples do dia a dia, por exemplo: subir escadas, andar até a escola e brincar durante o recreio.

Saiba quais são as ciclovias mais bonitas do mundo

Uma das maiores vantagens de pedalar é poder apreciar belas paisagens. Mais do que um meio de transporte, o ciclismo é um estilo de vida. Em um mundo com tantas responsabilidades e a constante sensação de que não sobra tempo livre, fica cada vez mais importante investir em qualidade de vida. E ter uma bike é uma forma divertida e econômica para curtir mais a vida. Se você é apaixonado por pedalar, então confira essa lista e saiba quais ciclovias você precisa conhecer.

As ciclovias mais bonitas do mundo

- Ciclovia do rio Reno
Você pode conhecer quatro países pedalando 1.200 km em um terreno plano e acessível. Suíça, Alemanha, Holanda e França. O percurso ao lado do rio Reno é um dos favoritos de ciclistas apaixonados por natureza e história.

- The Van Gogh-Roosegaarde
A ciclovia, localizada na Holanda, absorve a energia solar durante o dia e libera luz durante a noite, iluminando o caminho dos ciclistas. A tecnologia utilizada se chama Starpath, que significa caminho das estrelas. O pro…